Procurar:
Buscador avançado
Procurar
  English
  Español
  Français
  Italiano
Português
INÍCIO PROCURAR CONTATO
ACESSOS
Apresentação
Os títulos dos membros
O Cartel
O passe
Congress AMP 2016
RadioLacan.com
Lacan Quotidien
LC Express
LC Express
EFP
FAPOL
As Escolas
Los las_escuelas
CONEXÕES COM AS ESCOLAS

EOL
eol@eol.org.ar

EBP
ebp-ecf@uol.com.br

ECF
ecf@causefreudienne.org

ELP
elp@ilimit.es

EFP
info@europsychoanalysis.eu

NLS
www.amp-nls.org

SLP
slp.informazioni@gmail.com

NEL
www.nel-amp.org

Ver mas

 
APRESENTAÇÃO

"Este termo [Escola] deve ser tomado no sentido que antigamente se dava a certos lugares de refúgio, inclusive, de bases de operação contra o que já podia se chamar de mal-estar na cultura."
J. Lacan

As Escolas da AMP tomam como referência a Escola Freudiana de Paris, que Jacques Lacan fundou no ano de 1964, em seu esforço por renovar os fundamentos e a prática da Psicanálise.

Uma Escola tem por objetivo oferecer uma organização aos analistas e não-analistas que seguem a orientação dos ensinamentos de Jacques Lacan para a reconquista do Campo Freudiano, e para a difusão da Psicanálise como saber e como prática no mundo. Nela se realiza um trabalho destinado a manter vivo o descobrimento freudiano e a orientar essa práxis original a fim de que se cumpra seu papel em nossa época. Sua preocupação é tanto pela Psicanálise pura quanto pela Psicanálise aplicada à terapêutica.

A Escola para cumprir seus objetivos põe ênfase na formação analítica de seus membros, os quais ao formar parte de uma Escola se comprometem a submeter sua prática a um controle. Por sua vez, a Escola garante a formação que oferece a seus membros ao lhes outorgar dois títulos: AME (Analista Membro da Escola), que nomeia o analista que deu as provas de ser tal e AE (Analista da Escola) que nomeia quem dá evidências de ter chegado ao final da análise.

O dispositivo do Passe, que avalia o final da análise e a qualificação do analista, e o Cartel, que é um pequeno grupo no qual se realiza o trabalho de seus membros, constituem dois dos pilares fundamentais da Escola.

Atualmente, a AMP conta, entre seus membros institucionais, com oito Escolas em pleno exercício.

Cinco Escolas estão na Europa:
A Federação Européia de Escolas de Psicanálise (FEEP) é constituída por:

A École de la Cause Freudienne (ECF), na França, fundada em janeiro de 1981.
A Scuola Lacaniana di Psicoanalisi del Campo Freudiano (SLP), na Itália, fundada em maio de 2002.
A Escuela Lacaniana de Psicoanálisis del Campo Freudiano (ELP), na Espanha, fundada em maio de 2000.
A New Lacanian School (NLS), primeira escola de fala inglesa, em diversos países da Europa e dos EUA, fundada em maio de 2003.
 
Três Escolas estão na América:
A Escuela de la Orientación Lacaniana (EOL), na Argentina, fundada em janeiro de 1992, paralelamente à criação da AMP.
A Escola Brasileira de Psicanálise (EBP), no Brasil, fundada em abril de 1995.
A Nueva Escuela Lacaniana (NEL), que compreende Peru, Equador, Venezuela, Cuba, Colômbia, Guatemala,USA- Miami e Mexico, fundada em julho de 2000.
 
TEXTOS DE REFERÊNCIA
Lacan, Jacques: Ato de fundação da Escola Freudiana de Psicanálise, Nota adjunta e Preâmbulo
Lacan, Jacques: Para o Anuário
Lacan, Jacques: Carta de dissolucão
Lacan, Jacques: Un Otro falta
Lacan, Jacques: Decolaje o despegue de la Escuela
Lacan, Jacques: El Sr. A
Lacan, Jacques: Carta para la Causa Freudiana
Lacan, Jacques: Primera Carta al Foro
Lacan, Jacques: Segunda Carta al Foro
Miller, Jacques-Alain: El concepto de Escuela
Miller, Jacques-Alain: Teoría de Turín
Miller, Jacques-Alain: La escuela de Lacan
Miller, Jacques-Alain: La escuela al revés
 

AS ESCOLAS
DA AMP >>
EBP ECF ELP EOL NEL NLS SLP